top of page

DICAS DE LIVROS PARA CADA IDADE – 0 a 3 Anos

Atualizado: 11 de out. de 2022

Hoje vamos iniciar a série de "Dicas de livros para cada idade" começando com os bebês de 0 a 3 anos. E ai? você sebe escolher o livro certo para cada fase de desenvolvimento do seu pequeno? então se liga!

A neurociência, é o estudo do sistema nervoso e suas funcionalidades, através dela, é possível entender o processo de crescimento do ser humano de acordo com o desenvolvimento do cérebro, com base nesses estudos, entendemos que na primeira infância há uma quantidade gigantesca de oportunidades de aprendizagem, devido a plasticidade do cérebro, que caracterizam os primeiros anos de vida como a fase de maior abertura e absorção para aprender coisas novas, o que torna os 3 primeiros anos da vida de uma criança, os mais importantes de sua vida. Logo, tanto os estímulos quanto sua falta irão impactar inclusive na estrutura do cérebro a longo prazo.


São inúmeros os benefícios da leitura para bebês — na verdade, ler desde a barriga! — podemos evidenciar, a criação de vinculo, o estimulo da fala, o conhecimento de culturas, lugares, e porquê não, a diversão? Sim! esse hábito pode vir a ser muito prazeroso tanto para os adultos, quanto para os pequenos.


Já publicamos anteriormente uma matéria com “5 dicas para estimular o hábito da leitura desde a infância”. Sabendo dos benefícios da leitura, muitos pais/responsáveis se deparam com as dúvidas na hora de escolher qual o melhor livro para cada fase de desenvolvimentos das crianças, hoje vou dar dicas para identificar os livros mais indicados para bebês de 0 a 3 anos.


Os bebês mais novinhos ainda estão em processo de desenvolvimento da visão, por isso, livros com figuras e contrastes em branco e preto, tendem a chamar mais a atenção, livros plastificados são ótimos para acompanhar a hora do banho e se tornam mordedores incríveis, os livros de pano são alternativas interessantes também, a importância nesse momento é alimentar o convívio deste bebê com o livro de forma natural e cravar em seu subconsciente a presença do livro desde sempre.


Conforme o bebê for crescendo, por volta dos 9 meses já é efetivo a introdução de livros com frases curtas e figuras chamativas, livros cartonados, com recursos sonoros, táteis e visuais, eles vão prender a atenção desses bebês e se tornam aliados nas brincadeiras, nesse momentos os adultos podem iniciar as leituras, nomeando as figuras, as cores, os contrastes, inventando historias através das imagens, construindo assim a atmosfera necessária para a introdução de livros maiores.


Uma coisa importante de ressaltar quando o assunto é educação infantil, é que não existe fórmula mágica, cada criança é única e seu desenvolvimento e interesse também, se queremos criar e estimular o hábito da leitura em nossos pequenos o segredo é paciência e constância, tal qual qualquer outro hábito.


Respeitar os momentos que a criança não estiver interessada e identificar os momentos de interesse, é fundamental para um estímulo assertivo, incluir fantoches e leituras com entonação, fazendo vozes e sons diferentes para cada um dos personagens ajuda na interação e torna o momento da leitura divertido.


Crianças acima de 2 anos, que tenham tido esse contato prévio com o livro, tendem a já participarem ativamente da leitura, pedindo para que o adulto leia para elas e com paciência maior para ouvir a história inteira, nesse momento é legal introduzir livros com enredo mais complexo (um pouco mais de texto), uma dica legal é introduzir livros com temáticas ligadas a rotina dessa criança, como a hora do banho, alimentação, higiene bucal, e também coisas do interesse deste pequeno, como por exemplo: livros com os personagens favoritos, ou animais que eles tenham afinidade, livros personalizados (onde a criança está dentro da história) livros-brinquedos, livros pop-up e etc.


Um lembrete, quando se trata da relação entre bebês e livros, devemos esperar por amassados, rasgos ou outros danos. Isso é natural, já que os pequenos ainda não controlam sua força e ainda não aprenderam a manusear os livros. No entanto, o contato das crianças com a literatura deve sempre ser a prioridade. Portanto, se o livro rasgou, aproveite a oportunidade para ensinar o pequeno sobre como manuseá-lo, cuidadosamente.


Para finalizar, lembre-se quanto mais variados os gêneros e tipos de livros, mais rica a experiência literária dos bebês, sempre que possível dê e compre livros para nossos pequenos, explorem esse universo juntos e curtam os benefícios dessa viagem.


Na semana que vem falaremos sobre os livros indicados para as crianças de 4 - 6 anos de idade, se você gostou do conteúdo, comenta e compartilha com os papais, titios, madrinhas, padrinhos e afins.


Bjo, até semana que vem.

.

.

.

Apresentação:




34 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Commentaires


bottom of page