top of page

Como publicar um livro?


Se você gosta de escrever, talvez já tenha pensado em publicar um livro, pode até já ter desistido antes mesmo de tentar... mas será que é assim tão complicado como você está pensando?


Na verdade, não é! Com o aumento crescente de leitores digitais aliado as mudanças significativas que o mercado editorial sofreu, muitas são as possibilidades para você publicar o seu tão sonhado livro.


As principais formas de conseguir publicar atualmente são:


1 – Buscar uma editora

Embora essa seja a forma mais tradicional é provavelmente a mais complicada. Dessa forma você tem que ser literalmente eleito, basicamente você terá que preparar seu manuscrito e enviar para o máximo de editoras que você conseguir, faça um bom e-mail de apresentação lembrando de colocar suas experiências e uma sinopse curta e envolvente da sua obra, seja educado e lembre-se que a apresentação do seu trabalho é importante, antes de enviar para uma editora, peça para alguém fazer uma leitura crítica (um profissional ou amigo).

Outra dica importante é procurar editoras que tenham a linha editorial condizente com o seu trabalho, selos pequenos podem ser uma alternativa bem promissora.


2- Editais de incentivo à cultura, concursos literários e prêmios.

Sim, é possível você conseguir incentivo público para publicar a sua obra, a maioria das cidades tem editais municipais de incentivo à cultura, os estados e até mesmo o governo federal também possuem seus mecanismos, para você ficar por dentro desses editais, basta você buscar informações na secretaria de cultura da sua região, cada fomento tem suas características próprias, porém a maioria solicita o arquivo completo da obra e um “boneco do livro” (que é basicamente uma prova impressa do seu arquivo, já diagramado e com uma proposta de capa) além de alguns textos gerais sobre o produto, inclusive planilha orçamentaria É uma alternativa que pode ser um pouco burocrática, mas vale o esforço.

Existem inúmeros concursos e prêmios literários no Brasil, eles consumam ser menos burocráticos para participar e podem ser uma alternativa interessante.


3- Autopublicação

A última, mas não menos importante, essa alternativa vem crescendo vertiginosamente e pode ser considerada a maneira mais “fácil” hoje em dia, existem muitas plataformas independente de publicação, algumas inclusive sem custo algum. De acordo com especialistas, ferramentas digitais além de diminuírem os custos, aumentam o alcance da distribuição.



Dentre as vantagens dessa modalidade, podemos destacar a liberdade criativa do autor e a grande abertura para novos talentos, das possíveis desvantagens, é que todo o trabalho que a editora faz, você tem que executar ou contratar por sua conta (diagramação, revisão, criação de capa, marketing, distribuição, registros e etc...) a boa notícia é que algumas plataformas como o Kindle Create, tem ferramentas que facilitam muito alguns destes processos.


Dentre as opções de plataforma podemos destacar:

Skoob


É sempre bom lembrar que para se resguardar de possíveis inconvenientes jurídicos, antes de enviar seu trabalho para qualquer pessoa, é importante que o autor faça o registro da obra na biblioteca nacional. Na semana que vêm vou compartilhar o passo a passo para o registro da obra, do ISBN e da ficha catalográfica.


Espero que tenham gostado, até semana que vem! Bjo.

6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page