top of page

Como conseguir verba para publicar meu livro?


Se voê é escritor(a) provavelmente já se fez essa pergunta.


No post passado abordamos de forma genérica os caminhos para a tão sonhada publicação, hoje vamos destacar as possíveis formas de viabilizar financeiramente a publicação do seu livro.


1- Financiamento público


Os mecanismos de incentivo à cultura são muitas vezes estigmatizados por falta da disseminação de informações condizentes com a realidade, existem várias instituições e organizações em âmbito Federal, Estadual e Municipal que viabilizam projetos culturais de diversas áreas, e literatura é uma delas.


· A Lei Federal


A Lei Rouanet, é provavelmente o primeiro que nos vem à cabeça quando o assunto é lei de incentivo à cultura, nela é possível submeter projetos de livros de cunho cultural e humanístico, que se enquadre nas diretrizes e exigências da lei. Após a aprovação, o responsável pelo projeto (proponente) precisa, buscar pessoas físicas/jurídicas para patrocinar, recebendo em troca a divulgação e a isenção do Imposto de Renda.


Parece bem complexo né? E de certa forma é mesmo, mas é possível, existem plataformas de captação de projetos, profissionais especializados em captação, e até mesmo editais próprios de empresas de grande porte, conhecidos por Investidores Sociais, são eles: Petrobrás, Itaú Cultural, Fundação Bradesco, Empresas de Telefonia, Montadoras e etc., que lançam diversas concorrências ao longo do ano com intuito de viabilizar através de seus impostos, projetos aprovados pelos mecanismos de incentivo.


Outras instituições federais, como o BNDES e a Caixa, também lançam editais diretos para apoio e financiamento de projetos culturais.


· A Lei Estadual


Cada estado tem seu próprio mecanismo e suas próprias exigências, no estado de Goiás, é conhecido como Programa Goyazes, da mesma forma que a lei Rouanet é necessário que o proponente após a aprovação, busque a captação de empresas através do ICMS, se você não é de Goiás deve procurar informações na Secretaria de Cultura (ou órgão equivalente) do seu estado.


O Programa Goyazes está neste momento recebendo inscrições através do https://mapagoiano.cultura.go.gov.br


Para saber mais informações acesse:


Alguns estados contam também com o Fundo de Cultura, onde o projeto é aprovado pela secretaria de cultura do estado e recebe a verba diretamente (sem a necessidade de captação).


Fundo de Cultura de Goiás:


Leis de Incentivo Municipal

Da mesma forma, muitos municípios têm suas próprias leis de incentivo divulgadas pelos órgãos municipais de cultura.

Se você é de Goiânia, pode obter mais informações através do site da prefeitura


· Lei Aldir Blanc


Recentemente foi aprovado pelo senado a Lei Aldir Blanc 2 (Lei 14.399, de 2022), que incentiva atividades culturais, se trata de uma verba direta (sem necessidade de captação), que o governo federal repassa aos municípios e estados para que eles através de editais próprios distribuam o recurso aos agentes culturais locais.


Aldir Blanc Goiânia


Aldir Blanc Goiás


· Fundos patrimoniais


Aprovados e regulamentados em 2019, esses fundos serão formados por doações de empresas e pessoas físicas para financiamento de projetos culturais. Ainda em processo de implantação, deverão ser uma grande fonte de financiamento para projetos de leitura.


2- Financiamento Direto


Outra forma de viabilizar seu livro é através de financiamentos diretos e coletivos, a famosa “vaquinha” ganhou força com o avanço da tecnologia e globalização.


· Crowdfunding


É atualmente uma modalidade amplamente difundida no mundo inteiro, e teve um crescimento expressivo aqui no Brasil nos últimos anos. Neste tipo de financiamento, os responsáveis pelo projeto cadastram as informações em uma plataforma de financiamento coletivo e esta plataforma recebe as doações e as repassa aos responsáveis.

Dicas de plataformas para lançar seu projeto:

Confira algumas das principais plataformas de financiamento coletivo:

E aí, curtiu as dicas? Caso tenha dúvidas ou sugestões basta enviar um e-mail para nossa equipe de atendimento pelo endereço: entocados@atocacoletivo.com.br


Semana que vem na Segunda Literária do #entocados, vou mostrar o passo a passo para enviar o registro da obra para a Biblioteca Nacional, quem precisa e como registrar o ISBN e a ficha catalográfica.


Espero que tenham gostado, até semana que vem! Bjo.


24 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

コメント


bottom of page