top of page

Centro Cultural Octo Marques apresenta exposição Pantera Solidão, de Benedito Ferreira


A exposição “Pantera Solidão”, de Benedito Ferreira, segue em cartaz até 09 de fevereiro de 2024, no Centro Cultural Octo Marques em Goiânia, unidade da Secretaria de Estado da Cultura (Secult Goiás). Com curadoria de Divino Sobral, a exposição traz um conjunto de 39 obras inéditas de Benedito que permite um mergulho no mundo do artista a partir de arquivos fotográficos e audiovisuais coletados em mais de uma década.


Na mostra, o artista propõe vários ambientes começando com “Alfabeto do Gelo”, onde ele busca uma conexão poética entre dois mundos aparentemente distantes, unidos apenas por um canto hipnotizante em língua islandesa. As obras da série “O Bastardo” são uma jornada visual que revela o interesse de Benedito na desconstrução criativa da memória visual. Para compor seu trabalho, o artista realiza um ato de “desossamento” meticuloso, extraindo delicadamente as páginas dos álbuns fotográficos e expondo sua essência crua e fragmentada. 


Outra face mostrada é seu lado poético, onde os visitantes poderão contemplar uma variedade de técnicas e elementos adicionais, como adesivos, fotopintura, figuras colecionáveis, quadros fotográficos e penduricalhos, que dão as pistas da imagem intrusa, que se degenera sutilmente entre as páginas presas por pregos nas paredes do Octo Marques.


Benedito Ferreira é artista visual e pesquisador. Suas investigações artísticas estão centradas na imagem como escrita, na poética dos arquivos, suas montagens e apagamentos dos limites entre “documento” e “ficção”. Trabalha com audiovisual, objetos, instalação e fotografia. 






6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page